sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Capítulo 7

Olá!
Obrigada pelos comentários.
Amanda_Gomes - Eu gosto de comentários grandes. Obrigada.

P.S - Palavras inapropriadas.

Capítulo 7


Jennette estava conversando com Miranda sobre o que aconteceu na sala minutos atrás.
- O Nick está desesperado. - disse a loira, Jennette.
- O Nick? Desesperado? Porquê?
- Ele é apaixonado pela Miley e agora que ela está olhando para o Liam, ele não está aguentando.
- O Nick apaixonado pela Miley? Endoideceu? - Era quase impossível isso acontecer com Nicholas Jonas.
- Acho que sim, quer dizer, eu tenho a certeza. Acho que é o mesmo amor que o David tem pela Selena.
Miranda olhou para a amiga séria.
- Está brincando com a minha cara? O Nick apaixonado? Ah, não, isso é mentira. E o David apaixonado pela Selena é uma ideia mais idiota ainda.
- Porquê? Acha que ele é gay? Ele não é gay, é bissexual.
- Oh, sim. Por favor Jen, isso é mentira. O David gosta do Mitchel.
Jennette olhou espantada para a amiga.
- Por favor, não diga uma coisa dessas que podem inventar isso pela escola inteira.
- Não é verdade?
Jennette sabia mais que ninguém que Nick era apaixonado pela Miley. Afinal de contas, ele olhava sempre para ela. Ele idolatrava-a. Ele adorava as explicações dela e gostava da maneira nerd dela. Mas parece que ninguém olhava da mesma maneira para Nick e Miley do que ela.
Não respondeu a Miranda e foi se sentar numa das cadeiras da cafetaria da escola. A amiga imitou-a.
- Sabe Jennette, eu tenho alguns problemas. - começou por falar a morena.
- Que problemas? - perguntou a loira preocupada.
- Sabe que a minha mãe é uma mulher simples, comerciante, honesta.
- Sim.
- Mas eu acho estranho.
Jennette interrompeu a amiga.
- Você já me falou. A sua mãe traz muito dinheiro para casa, não é?
- Não é estranho?
Jennette não achou a conversa muito séria.
- Não, eu acho que ela tem um bom trabalho. Trabalha muito para sobreviver.
Miranda ficou dececionada.
- Você não entende.
Jennette respirou fundo.
- Não sei qual é a razão para estar tão preocupada Miranda, a sua mãe trabalha para ter comer em casa.
- É estranho, só isso.
- Mas a sua mãe não pode estar trabalhando muito para poder trazer dinheiro a casa? Com certeza que não deve ser nada.
- Espero que não.
Aquele dia tinha terminado. Ás 18:00 os alunos estavam todos se encaminhando para casa mas não sem antes verem o novo papel que tinha sido afixado nas paredes da escola.

"Dia das atividades escolares:
Teatro - Terças às 16:00 e Quintas às 14:00;
Canto - Quartas às 15:00 e Sextas às 13:00 (almoço após as 14);
Ballet clássico e contemporâneo - Segundas às 16:00 (começa na próxima semana) e Quartas às 17:00.
..."

Taylor ficou revoltada.
- Estão brincando com a minha cara? Tenho mais que fazer do que estar às quartas feiras nas aulas de ballet.
Ashley ouviu e respondeu a Taylor:
- Então vai à associação de estudantes e peça para sair da atividade.
Taylor olhou séria para a morena. Ashley retribuiu o olhar.
Selena, Demi e Miley olhavam para o papel.
- Você vai estar comigo Dems, não é perfeito? - falava Selena.
Demi abraçou a amiga. De seguida, olhou para Miley.
- Vai voltar para casa com a gente? - perguntou ela, secamente. Demi não fazia os possíveis para se dar bem com Miley. Ela não queria passar uma imagem de falsa na frente de todo o mundo dizendo que gostava da Miley. Afinal, só andava perto dela graças a Selena.
- Não. Eu preciso de falar com uma pessoa. - respondeu ela simplesmente.
Demi e Selena iam para sair mas Demi deixou cair uma folha. Ia a apanhar mas Joe pisou nela. Demi não reparou que era o Joe e se levantou irritada.
- Você não olha o chão por onde pisa?
- Não e então? Algum problema? Vá se fuder!
Demi ficou calada, não sabia como reagir.
- Vá se fuder você Joe. Não fala assim com a Demi. - Joe olhou para trás, de onde veio a voz. Era Camilla defendendo a Demi.
- Qual é a sua Camilla? Agora já se dá bem com a novata?
- É novata mas é uma boa pessoa. Já quanto a você não posso dizer o mesmo. - atacou ela.
Taylor se aproximou deles para defender o namorado.
- Não fala assim com o meu Joe querida, pensa que eu não sei que você gosta do meu amor?
- Eu? Gostar do Joe? - deu altas gargalhadas - Garota, vá se fuder.
- Vá se fuder é uma ova! Acha que vai ter o Joe pois está muito enganada, eu amo o meu amor e você não vai tirar ele de mim.
- Que ele é um objeto seu isso eu já sabia. - atacou Camilla.
- Sabe idiota, você pensa que é melhor que eu e que tem tudo mas não tem. Fique sabendo que quem se deita ao lado do Joe sou eu.
- Acha que eu quero esse idiota? Enquanto estiver com você, o Joe não presta.
Ashley atrapalhou a discussão entre elas.
- Sei que essa conversa está muito boa mas nada de discussões dessas na escola do meu pai.
- "Nada de confusões dessas na escola do meu pai", idiota essa também.
Ashley olhou para Taylor séria.
- Garota, você quer ser expulsa? Pois eu posso muito bem fazer isso.
Taylor teve medo e não respondeu a Ashley. Ficou calada e reservada.

Fica por aqui.
Espero que tenham gostado.
Beijos.

5 comentários:

  1. A mãe da Miranda faz programas?Cafetona ou algo do tipo?
    Acho que Ashley usa seu poder de "filha do dono"para pisar em cima de Taylor.Demi sendo defendida por Camilla,ai que tudo!
    posta assim que poder,é boa demais sua fic!

    ResponderEliminar
  2. oi flor!
    desculpa não ter comentado, mas por algum motivo eu não tava recebendo as atualizações de alguns blogs :c
    finalmente voltou ao normal ;)
    to adorando :)) posta logo!

    ResponderEliminar
  3. Heey!
    Woow, parece que as pessoas estão meio irritadas hahahsuhsa'
    Tipo, não sou muito fã da Camilla, mas ver ela defendendo a Demi foi diferente e... Sei lá, eu gostei =p
    Agora fiquei curiosa sobre a mãe da Miranda =p
    Aaain, como o Joe tá um grosso!
    Culpa da Taylor hahaha' Tadinha da Demi =/
    Espero que ele mude logo u.u
    Quero Jeemi *---*
    Beeijos honey, posta logo <3

    ResponderEliminar
  4. Selinho: http://amanda-rapha-fanfics.blogspot.com.br/2013/08/selinho.html

    ResponderEliminar
  5. Uau,uma fic com homossexualidade.finalmente alguma fic que não é preconceituosa.
    você é lésbica?

    ResponderEliminar